As 10 cidades mais violentas do Brasil em 2018

Top 10 cidades mais violentas no Brasil

Quais as cidades mais violentas do Brasil?

Anualmente o IPEA realiza uma compilação de dados relacionados aos números de violência no Brasil. Um dos principais indicadores utilizados na metodologia é o número de homicídios a cada 100 mil habitantes. Apesar de ser publicado em 2018, os dados são referentes ao número de mortes ocorridas em 2016.

Atualmente o relatório publicado também faz um cruzamento com dados relativos a indicadores sociais, como saneamento básico e número de pessoas na extrema pobreza. O que foi possível constatar é que os munícipios mais violentos possuem 9 vezes mais pessoas na camada social da extrema pobreza.

10. Almirante Tamandaré (PR) – 88,5

Almirante Tamandaré possui uma população estimada de aproximadamente 118 mil pessoas. Faz parte da região metropolitana de Curitiba. Possui um IDH de 0,699. Sendo 96% da população em zona urbana.

9. Camaçari (BA) –  91,8

População de Camaçari (BA) é de aproximadamente 294 mil pessoas. É considerada uma cidade industrial por abrigar a principal fábrica da Ford no Brasil, além de um pólo Petroquímico. Possui um IDH de 0,700.

8. Altamira (PA) – 91,9

A popupalação de Altamira em 2018 era de aproximados 113 mil habitantes. Contudo, em extensão territorial é a maior cidade do Brasil. Sua área é tão grande que supera 8 estados brasileiros, inclusive o Distrito Federal. Além disso, é maior que Portugal, Islândia, Irlanda e Suíca. Até 2009 chegou a ser considerado o maior munícipio do mundo. IDH: 0,665.  Embora ocupe a oitava posição na lista de cidades mais violentas do Brasil.

7. Maracanaú (CE) – 95

Em Maracanaú a população segundo o IBGE era de aproximados 224 mil. Possui o segundo maior PIB do estado do Ceará, perdendo apenas para Fortaleza. Um dos motivos para isso é o fato de ser sede do maior centro industrial do Ceará. IDH: 0,686.

6. Japeri (RJ) – 95,5

Japeri faz parte da região metropolitana da cidade do Rio de Janeiro e possui em torno de 101 mil habitantes. O seu IDH atualmente é de 0,659.

5. Lauro de Freitas (BA) – 99,2

Lauro de Freitas é uma cidade que faz parte da região metropolitana de salvador e possui 195 mil habitantes até 2018. Entretanto, é considerado um dos munípícios que apresenta maior crescimento, além de figurar também na lista dos maiores geradores de emprego. Seu IDH é de 0,754 o que é considerado alto. No entanto, é a quinta cidade mais violenta do Brasil.

4.  Porto Seguro (BA) – 101,7

Porto Seguro foi justamente onde os Portugueses atracaram pela primeira vez em terras brasileiras no ano de 1500. É uma cidade tombada como patrimônio histórico. Hoje em dia sua população é de aproximadamente 145 mil habitantes. Possui IDH de 0,676. Porém, é a quarta cidade mais violenta do Brasil.

3. Simões Filho (BA) – 107,7

Simões Filho também é outra cidade que é parte da área metropolitana de salvador. Sua quantidade habitantes é estimada em 133 mil habitantes. Já o seu IDH é de 0,675. É a terceira cidade mais violenta do Brasil.

2. Eunápolis (BA) – 124,3

Eunápolis é localizado no sul da Bahia. Nos dias atuais possui ao redor 112 mil pessoas. Apesar do IDH de 0,677 ocupa a segunda posição dessa lista de cidades mais violentas do Brasil. Carregando um impressionante índice de 124 mortes a cada 100 mil habitantes.

1. Queimados (RJ) – 134,9

Queimados é parte da área metropolitana do Rio de Janeiro e faz fronteira com Nova Iguaçu. Seu número de habitantes é de 149 mil. Na lista ocupa a primeira posição de cidade mais violenta do Brasil. Tendo uma quantidade de homícidios de 134,9 mortes a cada 100 mil habitantes. Sendo quase 4 vezes maior do que o resultado apresentado pela capital Rio de Janeiro (34,3).

Esse dados foram levantados levando em conta o Atlas da violência publicado pelo IPEA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × dois =